"Ando devagar porque já tive pressa..."

"Ando devagar porque já tive pressa..."
"Ando devagar porque já tive pressa..."

28/03/2010

Dia de são José

S e hoje chover, nós teremos
A lgo pra comemorar
O u quem sabe elaborar


J á sinto o cheiro da terra
O nde há de se plantar
S ementes só das melhores
E aguardar o que vai brotar
(19/03/10)

27/03/2010

Minhas menininhas



Tenho duas menininhas
Ou serão mulherisinhas?

Às vezes as chamo gurias
Outras tantas de mocinhas

Elas são múltiplas crianças
Em quem coloco esperanças

De ver um futuro legal
Pois nelas há um sentido

De sentimento e de vida
Que não se encontra em outras

São mulheres na esperança
De igualdade, mudança

São filhas minhas e crias
De um tipo de educação

Que tem o tom da liberdade
Aquela tão almejada

E fazem disso bandeira
Das suas práticas de vida

São mais mulheres, são amigas
São mais que filhas queridas


Novas possibilidades
De convivência amigável

De relacionamento saudável
De alegria e ousadia

São felicidade minha
Materializada em filhinhas

Seja no 08 de março
Seja em qualquer dos meus dias

Festejo com alegria
A sua educação

Que as fez dois exemplares
De que podemos ser mulheres

E apreciarmos bem isso
Pois o que nos faz, de fato

Não é a biologia
É um a maneira de ser

Passada por outra via
Um trato, um gesto, um exemplo

Seja em qualquer momento
De que mulher pode tudo

Inclusive nada ser
E escolher bem, ser de tudo

Um pouco, muito, talvez
Mas decidir com altivez

Mulher é isso, é aquilo
E elas são bem assim

Por isso as quero pra mim
E para o mundo também

Quem sabe o mundo dê voltas
Que propiciem que o jeito

Que elas têm passe a ser
Hegemonia e não defeito

Sobre a Fotografia

Se eu quisesse falar sobre você
O faria através da fotografia

Nela seu semblante denuncia
O que muitas vezes se esconde

Por detrás de um homem carrancudo
Ou até de sorrisos amarelos

Aqui eu te vejo mais sincero
Do que sempre vi e me surpreendem

A candura, a meiguice, a alegria.
Genuínas, assim como a mim pareces

Tão sincero, tão essência, tão gostoso
Diria que esse sorriso é quase um gozo

Ratifica o encanto e a beleza
Que a vida muitas vezes nos esconde

Mas que não é preciso ir tão longe
Pra buscá-lo, ele existe em nosso âmago

E é a ele que devemos recorrer
Quando tentados a seguir outros caminhos

Nos desviamos do que é mais verdadeiro
E nos embreamos em vidas vulgares

Pode ser redundância e o é, de fato
Mas diria que este retrato te retrata

Em tudo e vai bem lá no fundo
Conseguindo retratar a tua alma

E é essa verdade que aprecio
Que muitas vezes não é exposta e ninguém vê

Mas eu, como sei muito de você
Sei muito bem o que pode vir à tona

E mesmo assim ainda me pego surpreendida
Ah, mas isso é bom que aconteça

Pois o que é tão declarado, escancarado
Muitas vezes não passa de um retrato

Desfigurado ou até mesmo remendado
De quem deseja falsear sua verdade
(24/03/10)

08/03/2010

FELIZ 08 DE MARÇO!

Que saibamos os motivos da comemoração;
Que tenhamos o que comemorar;
Que comemorando lembremos que a luta continua;
Que a comemoração seja alegre como geralmente somos.

PARABÉNS PELO DIA DA MULHER!

02/03/2010

"Doidim Por Você" ( em elaboração)

Se eu quisesse dizer, Campina, a ti
Sobre o que eu sinto e sempre me calo
Te diria que és pra mim um alo
Que Deus me presenteou e hoje eu falo

Campina tu és menina bela
Entre todas que conheço a mais alegre
E por isso a ti eu me entrego
Como te entrego a mim pra te cuidar

Quero ver-te sempre sorridente
Alcançando posições bem elevadas
Pra que eu sempre me volte para o Alto
E agradeça por ti, cidade amada

Grande em tudo, altaneira
Dona do Parque que é do Povo
E de um povo que é do mundo
Nele tu és sempre o destaque

Do clássico dos maiorais
Campinense e Treze, e mais:
Da narração de Joselito
Primeiro entre os principais

Campina de seu Vavá
De João Gonçalves, Capilé
De Biliu e Amazan
Do São João maior do mundo

Tem Encontro da Nova Consciência
E a poesia dos antigos carnavais
Que hoje não passam de saudade
Pois não existe mais o bloco
Micarande não tem mais

A Praça da Bandeira é dos pombos
Eles tomaram conta
O que fazer por ti,querida,
Minha cidade,minha vida?

Queria ser tua mãe mas sou tua filha
E embora possa te cuidar,
Tu me embalastes em teus braços
E assim quero ficar
Até que a morte de ti me aparte

“Campina Grande, meu bem querer
Campina Grande querida
Orgulho da minha vida
Eu sou doidim por você.”

02/03/10