"Ando devagar porque já tive pressa..."

"Ando devagar porque já tive pressa..."
"Ando devagar porque já tive pressa..."

08/02/2016

Ciranda, cirandinha

Ciranda de mulheres; Uma troca o tempo todo. Pode vir o alvoroço e ela ali, pra segurar. Nas mãos entrelaçadas, no rodopiar, a força que ninguém pode negar. Ciranda, cirandinha... Vamos todos cirandar?

07/02/2016

Nem morto


Se te pego, não nego, te mato
de carinho, beijinhos, abraços.
De fato, te mato e desconto
as vezes que, sozinha em meu canto,
te via passar e não vias mais nada,
a não ser o assédio,
de todas aquelas que também te olhavam
e sabiam tirar algum proveito (que inferno!)
Não tem jeito, te pego e te mato.
E esse meu desabafo, que te dou um trato,
vai ficar na lembrança dos momentos quentes
que hão de acontecer quando eu te agarrar o pescoço,
te abraçar, te beijar, e der carinho como nunca tivestes
- nem morto!
Lola (06/02/15)

Minha fantasia




Marchinhas, frevos, sambas, de primeira...
E amanhã ainda é segunda feira,
terei tempo pra dizer que amo você,
e que só este amor me faz viver.
Confetes, serpentinas coloridos,
enfeitam o salão que nos acolhe.
E mesmo hoje que ninguém mais morre
de amor estou assim;
a esperar você dizer que sim, que também gosta de mim.
Não há no carnaval,
fantasia igual à minha.
Por mais que suas cores arrepiem,
que seus brilhos resplandeçam,
pois a minha é só você;
Que ofusca todo o brilho e toda luz se abastece ao lhe ver.

Lola (07/02/16)